5 mitos sobre a saúde ocular

Uma boa saúde ocular pede uma rotina de sono correta e cuidado em ter uma alimentação equilibrada, mas não só. Se necessário, deve ter-se em atenção o uso adequado de óculos, com a graduação certa, e como cuidado na aplicação e uso de lentes de contacto.

Porém, é igualmente importante deixar de acreditar em algumas teorias, como aquelas que a sabedoria popular gosta de afirmar.

Por isso mesmo, a Universidade de Harvard elaborou uma lista que pretende desmistificar as cinco teorias mais enraizadas na sociedade e que mais pessoas induzem a erro.

1. Exercitar os olhos ajuda a adiar a necessidade de usar óculos.

Os exercícios para os olhos podem ser uma alternativa quando é detetado um enfraquecimento muscular, por exemplo. Contudo, no que diz respeito à capacidade de ver, são muitos os fatores que podem beneficiar ou prejudicar a visão e nenhum deles tem que ver com os exercícios.

2. Ler com pouca luz danifica a visão.

Quantas vezes já ouvimos alguém dizer que faz mal ler com pouca luz? Possivelmente muitas, mas esta é mais uma teoria errada. Segundo Harvard, independentemente da intensidade da luz, o importante é que esta esteja a refletir diretamente nas páginas.

3. A cenoura é o melhor alimento para os olhos

Associar a boa visão à visão dos coelhos por comerem muitas cenouras é uma situação comum e uma das desculpas que os pais dão para os filhos comerem este alimento. A associação não está errada, uma vez que as cenouras possuem vitamina A, contudo, estão longe de ser o único alimento a ter em conta na proteção da visão: alimentos ricos em vitamina C e E são igualmente importantes.

4. É preciso fazer uma pausa no uso de óculos e lentes de contacto

Esta é uma das teorias com menos sentido. Dizem os investigadores, que uma pessoa deve usar óculos e/ou lentes de contacto sempre que necessário, visto que forçar a visão é pior – algo que acontece entre as pessoas que têm uma graduação menor e, por vezes, esquecem-se dos óculos ou não acham necessário o uso deles.

5. Estar todo o dia em frente ao computador é mau para os olhos

Existe uma associação entre o uso recorrente de computador e os problemas de visão, porém esta associação deve-se ao facto das pessoas não pestanejarem tantas vezes quantas necessárias, o que pode causar alguma secura e irritação nos olhos. Não fazer pausas pode também ser prejudicial.

Partilhar

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Veja também